Notícias

Home Notícias

Confira as últimas novidades sobre a Kia Motors do Brasil no mundo automobilístico.;
ASSUNTO
DATA
Kia Motors do Brasil supera 26 mil unidades e obtém o melhor ano de sua história
19/01/2010
A Kia Motors do Brasil terminou o ano de 2009 com um resultado recorde para a marca: 26.061 veículos comercializados no atacado - vendas da importadora para a rede autorizada de concessionárias -, levando a empresa a atingir seu melhor desempenho anual em 17 anos de atuação no País. Comparado ao ano de 2008, o crescimento registrado foi de 24,7%. Em relação aos dados de emplacamentos, a Kia apresentou boa desenvoltura e, assim como no atacado, bateu novo recorde - foram 24.145 unidades em 2009 contra 20.260 no ano anterior, um crescimento de 19,2%. No mesmo período, o mercado brasileiro cresceu 12,6%. No varejo, o crescimento da empresa foi de 21,4%, com 24.808 unidades contra 20.442 em 2008. O modelo mais vendido da Kia Motors do Brasil em 2009 foi o SUV Sportage, com 7.900 unidades emplacadas. Em segundo e terceiro lugares ficaram o comercial leve Bongo e compacto Picanto, com 4.208 e 2.995 unidades vendidas, respectivamente. Os modelos que registraram maior índice de crescimento em relação ao ano anterior foram Carens, com variação de 60,6%, e Cerato, de 80,8%. "Esses resultados foram obtidos graças a uma combinação de fatores, que começam com um dos mais abrangentes portfólios de produtos oferecidos aos consumidores brasileiros, com a capacidade de surpreender o mercado com veículos de qualidade e design atualizado e, finalmente, com uma das mais competentes redes de concessionárias, hoje com 125 pontos de atendimento full service. Em 2009, os três principais lançamentos, do Soul, do Cerato e do Mohave, contribuíram decisivamente no desempenho anual da Kia", argumenta José Luiz Gandini, presidente da Kia Motors do Brasil. Na avaliação de Gandini, esse cenário, acrescido da perspectiva de se chegar a 150 concessionárias autorizadas e o início da operação de montagem do Bongo no Uruguai no primeiro semestre, permite fazer uma projeção ousada para 2010. "Nossa estimativa inicial para este ano é chegar a 38 mil unidades, o que representará um crescimento de 46% sobre as 26 mil unidades de 2009", finaliza.