Fábrica Uruguai

O avanço do Grupo Gandini no segmento industrial

Dezessete anos depois de ter iniciado as atividades da Kia Motors no Brasil, o Grupo Gandini investiu, em 2009, na linha de produção do caminhão leve da marca sul-coreana, o Bongo K2500, em Montevidéu, Uruguai, simultaneamente à representação da distribuição oficial de veículos importados naquele país, constituindo a Kia Motors del Uruguay (KMU Corporation S.A.). Desde então, o Grupo Gandini deixou de ser apenas uma organização empresarial de cunho comercial para lançar-se, também, no segmento industrial.

Utilizando as dependências da Nordex S.A., tradicional empresa uruguaia, a linha de produção tem capacidade produtiva de 12.000 unidades/ano em um turno. As operações industriais da KMU foram inauguradas em agosto de 2010. Com investimentos iniciais da ordem de US$ 25 milhões, a planta se dedica à fabricação do Bongo K2500, cabine simples, tração 4x2, rodeiro simples e motor de 130 cv turbodiesel Intercooler EuroV, com caixa de câmbio de 6 velocidades.
backgroundImageAlt

A fabricação do Bongo conta, atualmente, com cerca de 120 funcionários dedicados à produção e às atividades de logística, qualidade e processos. Com um processo industrial completo, desde a soldagem da cabine, pintura e montagem final, a fabricação do veículo utiliza peças produzidas no Brasil, na Argentina, no Uruguai e na Coreia do Sul, garantindo, assim, um expressivo conteúdo local.


A linha final de produção do Kia Bongo possui doze estações de trabalho, uma completa linha de testes estáticos e dinâmicos, além de pista de provas. A cabine de pintura utiliza produtos de última geração, e a linha de solda da cabine do veículo foi toda projetada para atender aos critérios de qualidade da Kia Motors Corporation.


Atualmente, 95% da produção é destinada ao mercado brasileiro e os outros 5% ao mercado interno uruguaio, havendo possibilidade de futura exportação para os demais países do Mercosul.